November 24, 2017

November 16, 2017

Please reload

Recentes
Siga -     nos
  • Facebook Basic Black
  • Black Instagram Icon
  • Twitter Basic Black

Biblioteca Virtual - Mega Eventos

November 9, 2017

Megaeventos: a alquimia incontrolável da cidade.
Autores: Ricardo Ferreira Freitas, Flávio Lins, Maria Helena Carmo dos Santos
Resumo: Este artigo analisa os desdobramentos provocados pelos megaeventos na sociedade contemporânea. Verificamos que as Exposições Universais do século XIX e, modernamente, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos produzem impactos sociais, cujos ecos escapam ao previsível. Mesmo efêmeras, as aglomerações massivas e os conteúdos espetaculares resultam em ondas incontroláveis que fazem pulsar o coração das cidades, para o bem ou para o mal.
Disponível em: http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article/viewFile/13129/10066

Pontos positivos e negativos na realização de um evento de porte internacional no Brasil. Estudo de caso: Rock In Rio.
Autores: Luiz Fernando de Souza, Márcia Maria Dropa, Nataly Maceno Marco.
Resumo: O Brasil vem sendo cada vez mais procurado como palco para diversos eventos de porte internacional, como por exemplo, o Rock in Rio, assim se fazendo necessário o estudo das possíveis consequências que esse tipo de evento acarreta ao país onde é realizado, verificando seus pontos positivos e negativos, sendo este o objetivo principal deste texto, que por meio de dados obtidos através de pesquisa bibliográfica, informações da internet e dados retirados do site oficial do evento, caracteriza-se um estudo de caso. Após uma breve apresentação da história do evento, sua relação com o turismo e da abordagem de seus prós e contras, mostra-se que apesar de haver pontos negativos, os positivos se sobressaem, tornando viável a realização deste tipo de evento no Brasil.

Disponível em: http://festivaldeturismodascataratas.com/wp-content/uploads/2015/12/6.-Pontos-Positivos-e-Negativos-na-Realiza%C3%A7%C3%A3o-de-um-Evento-de-Porte-Internacional-no-Brasil-Estudo-de-Caso.pdf


Vertigem mediática nos megaeventos musicais.
Autores: Malena Segura Contrera e Marcela Moro.
Resumo: O artigo propõe uma reflexão sobre a presença do amplo aparato mediático que promove a vertigem presente nos megaeventos musicais. Esse aparato mediático gera uma profusão de imagens visuais e auditivas fragmentadas e em constante e intenso movimento, caracterizando uma ambiência própria dos megaeventos. O texto se ocupa de compreender melhor a natureza “mega” desses eventos próprios da cultura urbana, bem como a enorme sedução que esse caráter superlativo exerce no público jovem que vai à busca exatamente dessa concentração massiva de pessoas em um mesmo espaço e dos excessos característicos dessa situação social.

Disponível em: http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewFile/221/262



A disputa pelo legado em megaeventos esportivos no Brasil
Autor: Martin Curi.
Resumo: Desde que o Brasil foi escolhido sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016 o tema megaeventos esportivos é um dos principais temas em pauta no Brasil. Por causa dessas competições há um investimento pesado em várias áreas como transporte, infraestrutura e principalmente a construção de vários novos estádios no país inteiro. Essas obras são parte de um projeto maior que obedece a normas internacionais e interfere gravemente na vida dos cidadãos brasileiros. Por isso, há uma grande discussão sobre usos e abusos, significado internacional e tendências globais de megaeventos esportivos. Em geral, a discussão gira em torno daquilo que é chamado de "legado". O presente artigo propõe analisar com a ajuda dos conceitos "torneio de valor" e os "panoramas dos fluxos globalizados" de Appadurai a disputa por esse legado.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832013000200003


Um modelo conceitual de megaeventos musicais.
Autores: Fabrício Silva Barbosa, Annibal José Scavarda.
Resumo: Os eventos em geral cada vez mais se encontram inseridos no cenário econômico de grandes destinações, sejam elas turísticas ou não. Por meio da implementação da produção e consumo da música, os eventos alavancam a economia local e contribuem significativamente no desenvolvimento das localidades nas quais se encontram inseridos. A presente pesquisa objetivou propor um modelo conceitual a ser utilizado no planejamento estratégico de megaeventos, analisando a sua estrutura desde a concepção, perpassando sua preparação e realização, até o encerramento total das atividades envolvidas. O resultado deste estudo aponta para a elaboração de um modelo conceitual com a finalidade de ilustrar as diferentes fases dos eventos que têm a música como facilitador da indústria do entretenimento.
Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/5311711.pdf 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2017 por RP Compartilha.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now